A socialização é algo muito importante para o desenvolvimento do seu cãozinho, eles devem começar a entrar nesta fase ainda filhotes, para que cresça um animal sociável e manso. Os cães mais sociais tendem a não ter problemas com outras pessoas, outros cães e certos tipos de barulhos, até porque quando já se está familiarizado com algo não há porque ter medo.

Como educar a vida social do cão

Andar com o cão solto na rua é uma atividade muito gostosa, mas que requer certos tipos de cuidados. Ao andar com o seu animalzinho na rua deve-se ter cuidado com outros cães e gatos. Os outros cães podem tentar atacá-lo e vice e versa, quanto a gatos o cuidado deve ser um pouco maior, pois é praticamente inevitável um cachorro que não tem costume com gatos não correr atrás de um.

Além disso, vem uma série de fatores como doenças e carros; para se andar com seu bichinho solto na rua ele deve estar com as vacinas em dia e ser adestrado para que não faça nada sem que o seu dono permita.

A maneira para andar com seu cão sem que ele ataque outros pedestres é educando a vida social dele. Você pode fazer isso de diversas formas, existem duas maneiras simples e básicas para que o seu cão comece a se acostumar com outras pessoas. Você pode desencadear situações de perigo para o cão de forma divertida passar a ver aquilo como algo natural e não uma ameaça, fazendo assim com que ele tire a associação de perigo e agressividade da ocasião.

A outra forma de educação social para o seu cão é levando ele à um parque, por exemplo. Ali ele terá contato com diversos tipos de pessoas e até mesmo outros animais. Inicialmente ele pode se sentir um pouco intimidado com muitas pessoas e outros bichos, mas depois ele irá se acostumar e até passar a brincar.

Não socializei meu cão, e agora?

Nunca é tarde para nada! Claro que socializar o cão depois de certo tempo é bem mais difícil, mesmo porque ele já tem certos costumes e será muito complicado querer que se desfaça deles. Você só terá um pouquinho mais de trabalho, porém isso não significa que seu cão não possa mudar.

A socialização dos animais é muito importante. Pense na socialização do ser humano, a do cão é algo mais ou menos parecido. O cachorro tem que saber se comportar em diversos lugares e com os mais variados tipos de pessoas e espécies.

Por isso é importante deixar o seu animalzinho bem a par de todas as situações possíveis. Para isso existem várias coisas que podem ser feitas como, por exemplo:

  • Gato, cachorro, papagaio, periquito.

É importante o cão se ver em seu ambiente. Mas ele também precisa socializar com outros animais. Se possível de todos os tipos. Assim serão amigáveis não só no mundo dos humanos como também no universo deles.

  • Pessoas e mais pessoas.

É importante que o cão não fique agressivo, claro que ele também precisa ter seus extintos de defesa, porém sem brutalidade. Ensine-o como as coisas devem ser feitas e o que ele pode ou não pode fazer em público. Deve demorar certo tempo, ainda mais se ele estiver acostumado a fazer ouras coisas, porém não desista dele. Insista até que ele mude.

É muito tarde para socializar?

Insistir e não desistir são as palavras que devem imperar no seu vocabulário se esta pensando em fazer seu cachorro mudar. Nada acontece do dia para noite, por isso deve-se persistir até que ele apresente os sinais de melhora. Desta forma, saberá que esta no caminho certo. Converse com um adestrador, o profissional saberá por qual caminho seguir para chegar ao resultado tão esperado. Vá em frente, não desista e boa sorte!